NOTÍCIAS

Dicas para viajar durante a gestação com segurança

Chegaram as tão esperadas férias e você vai viajar, mas está um pouco insegura por causa
da gravidez? Você não está sozinha, é comum grávidas perguntarem se podem viajar
normalmente.

Em geral, não há proibição para grávidas viajarem, com exceção de casos de risco ou da fase da gestação em que você encontra. O período mais tranquilo é durante o segundo trimestre da gravidez. Na maioria dos casos, você já terá passado pelos terríveis enjoos e ainda não terá chegado ao período em que se sente mais cansada.

Reuni abaixo algumas informações para te ajudar a se planejar para uma viagem segura e
mais confortável.

  • Hora de viajar

Independente de você estar viajando de carro, ônibus, trem ou avião, alguns pontos importantes:

– Use o cinto de segurança: lembre-se que ele é a melhor forma de proteger a você e
seu bebê.

– O mais desafiador em uma viagem de ônibus pode ser ir ao banheiro, geralmente muito apertadinho. Em primeiro lugar, permaneça sentada enquanto o veículo estiver em movimento. Se precisar realmente ir até o banheiro, segure-se firmemente com as duas mãos, para evitar acidentes.

– Calcule o tempo de viagem e evite permanecer dentro de qualquer veículo por um
período muito prolongado. Restrinja-se a no máximo, 5 a 6 horas.

  • Viagem de avião

É seguro viajar de avião enquanto grávida? As companhias aéreas têm regras específicas e que devem ser verificadas antes da compra da passagem. A maioria delas não permite que mulheres no último mês de gestação viagem, sem autorização ou mesmo companhia do médico responsável.

Corredores estreitos e banheiros apertados, assim como em ônibus, costumam fazer parte também das aeronaves. Não se levante se houver turbulência e, se ela ocorrer no momento em que você estava no caminho de volta para seu banco, segure firme nas poltronas pelo caminho, sente-se o mais rapidamente possível e afivele seu cinto de segurança.

Na hora de comprar a passagem, dê preferência a poltronas mais espaçosas e, se possível, mais próximas do banheiro, a fim de evitar ter que andar longamente pelos corredores. Os riscos de sofrer trombose podem ser reduzidos significativamente com uso de meias de compressão.

Particularmente, recomendo que gestantes a partir da 36a semana, mesmo sem complicações na gravidez, evitem viajar de avião. Além disso, a partir da 32a semana, gestantes com fatores de risco ou gravidez múltipla não devem viajar de avião.

  • Para cuidar de você e do bebê

Ainda que você tome todos os cuidados, é importante também se prevenir para situações
em que pode precisar de atenção extra.

Por isso, verifique com a tripulação (ou leve você mesmo em caso de ônibus ou carros) a disponibilidade de kit de primeiros socorros. Cheque se os medicamentos para mal estar são permitidos para grávidas.

Verifique também se há uma sala para atendimento ou outras facilidades, caso necessário.

Dicas extras
– Beba muita água
– Use também sucos como alternativa
– Evite frutas e vegetais crus
– Só coma carnes completamente cozidas/ assadas
– Use sapatos e roupas confortáveis
– Leve seu travesseiro preferido
– Planeje paradas de descanso, para se alongar e ir ao banheiro
– Leve alguns lanchinhos
– Carregue os documentos do seu pré-natal com você

Boa viagem! 😀


COMENTÁRIOS

Dra. Claudia Navarro CRM 21.198 / RQE 38.556 Diretora clínica da Life Search e membro do corpo clínico do Laboratório de Reprodução Humana do Hospital das Clínicas da UFMG.
INSCREVA-SE PARA NOVIDADES
Todos os direitos reservados a Claudia Navarro. Desenvolvido por Agência Salt.