NOTÍCIAS

Enjoo na gravidez: dicas contra mal estar e cansaço

Categoria: Tratamentos

A maternidade é um momento especial na vida da mulher. Mas, para chegar até o nascimento do bebê, muitas mulheres reclamam de enjoo na gravidez, além de um cansaço constante. Na verdade, metade delas relatam náusea e vômito durante o período, segundo o British Journal of General Practice.

Algumas, inclusive, são diagnosticada com a chamada hiperêmese gravídica, uma condição ainda mais agravada de enjoo, como ocorreu com a duquesa de Cambridge, Kate Middleton.

É natural que essas situações ocorram, uma vez que o corpo está passando por transformações para tornar aquele ambiente o mais agradável possível para a nova vida que está ali, crescendo e se desenvolvendo. Existem gestantes que relatam não sentir enjoo na gravidez. Por outro lado, se você está pretendendo engravidar ou está vivendo esse desconforto atualmente durante a gestação, seguem algumas orientações que podem te ajudar.

  • Coma pequenas porções entre as refeições

Algumas mulheres relatam que “nada para no estômago”, durante um período de enjoo. Entretanto, para prevenir essa sensação, uma das sugestões é ingerir alimentos leves ao longo do dia, e fazer pequenos lanchinhos entre as refeições para evitar passar muito tempo de estômago vazio.

É fundamental conversar com seu médico sobre uma alimentação bem personalizada para você, principalmente nesse momento especial da gestação. Existe também acompanhamento nutricional especializado, voltando exatamente para grávidas. Não tente resolver tudo sozinha, conte com ajuda de quem quer te ver bem.

  • Não tome medicamento contra enjoo sem orientação médica

Se o enjoo na gravidez ficar cada vez mais incômodo, converse com seu médico antes de ingerir qualquer medicação. Existem medicamentos que podem ser indicados em alguns casos, mas tudo deve ser avaliado individualmente, verificando condição de saúde e alergias.

  • Faça atividades físicas moderadas e, se possível, ao ar livre

Ficar muito tempo em ambientes fechados não ajuda a melhorar a sensação de enjoo. Por isso, movimentar-se em um lugar arejado, aberto como uma praça, pode te ajudar a se sentir melhor.

Se estiver no trabalho, vá até alguma área externa por alguns minutos, para distrair e respirar melhor.

Já a prática de atividades físicas é recomendada ao longo de toda a vida. Durante a gestação, converse com seu médico sobre possíveis restrições e exercícios contraindicados. Mas existe, sim essa possibilidade, como atividades na água, caminhadas, entre outros.

Além disso, uma gravidez de reprodução assistida, por exemplo, merece atenção especial quando o assunto é exercício físico. Por isso, seu obstetra deverá fazer as orientações.

  • Tome banho morno, mas evite temperaturas elevadas

O banho morno relaxa o corpo, ajudando a descansar. Antes de dormir, por exemplo, é uma ótima opção. Se tiver uma banheira disponível, melhor ainda. Entretanto, evite temperaturas elevadas, para não ter queda de pressão.

Outra opção é usar bolsa de água morna, enquanto estiver deitada, para proporcionar sensação de conforto e relaxamento e aliviar possíveis dores.

  • Simples assim.

Uma boa noite de sono é fundamental para o bem-estar da mulher grávida. Mas, muitas vezes, isso não é suficiente. Portanto, tirar um cochilo durante o dia, após o almoço, por exemplo, ajuda a revigorar a mulher para continuar a rotina.

Nesse ponto, é importante reforçar que o consumo de café pode prejudicar o descanso. Durante a gravidez, não é aconselhável a ingestão de altos níveis de cafeína. Portanto, fique longe dos maus hábitos para que o momento seja o mais saudável possível.

Esse texto foi útil para você? Deixe um comentário! Será um prazer responder!


COMENTÁRIOS

Dra. Claudia Navarro CRM 21.198 / RQE 38.556 Diretora clínica da Life Search e membro do corpo clínico do Laboratório de Reprodução Humana do Hospital das Clínicas da UFMG.
INSCREVA-SE PARA NOVIDADES
Todos os direitos reservados a Claudia Navarro. Desenvolvido por Agência Salt.