NOTÍCIAS

Janela fértil: você sabe como ela funciona?

Entenda sobre o período que antecede a ovulação e que pode influenciar nas chances de uma gravidez

A janela fértil é o período em que uma mulher tem grande probabilidade de engravidar quando mantém relações sexuais sem camisinha e sem o uso de contraceptivos. É importante falarmos desse tema para que as mulheres conheçam seu corpo, entendam os sinais do período fértil e da ovulação – seja quando deseja gerar um bebê ou evitar a gravidez.

Para quem está tentando ter um filho, é importante ter em mente que a janela fértil termina no dia seguinte da ovulação. Isso significa que os espermatozoides devem estar na Trompa de Falópio logo antes da liberação do óvulo, o que aumenta as chances de gravidez. Os espermatozoides têm um tempo de vida de 5 dias, e o óvulo, de um dia. Por isso, é preciso atenção ao período fértil.

Em um dos principais artigos sobre o tema, publicado pela Sociedade Americana de Medicina Reprodutiva (ASRM), os cientistas afirmam que, em teoria, a viabilidade e a capacidade de sobrevivência de oócitos (células germinativas femininas) e esperma devem ser máximas durante a janela fértil da mulher.

Os pesquisadores citam ainda alguns sinais que podem ser observados sobre esse período de fertilidade máxima, como a análise de intervalos entre ciclos menstruais, registro de temperatura corporal e ainda surgimento do muco cervical.

Quando é chance máxima de gravidez?

Observando esses sinais dos dias de janela fértil, o casal pode se programar para ter mais chances de sucesso de concepção. Segundo os especialistas, uma relação sexual que ocorra entre os três dias finais desse período tem mais possibilidade de resultar em uma gravidez natural.

Quando falamos do organismo humano, é claro que não se trata de uma ciência exata. Mas, é muito importante que a mulher converse com seu médico sobre o período de ovulação e como observar esses sinais. Esses indicativos ajudam muito o casal que está buscando gerar um filho. O parceiro também pode participar, auxiliando a mulher a ter controle de datas de menstruação, por exemplo.


COMENTÁRIOS

Dra. Claudia Navarro CRM 21.198 / RQE 38.556 Diretora clínica da Life Search e membro do corpo clínico do Laboratório de Reprodução Humana do Hospital das Clínicas da UFMG.
INSCREVA-SE PARA NOVIDADES
Todos os direitos reservados a Claudia Navarro. Desenvolvido por Agência Salt.